Dicas de viagem AWI

CONTAGEM REGRESSIVA…IUPI!

Agora apenas mais algumas últimas dicas antes do seu grande dia!

ARRUMANDO AS MALAS

Antes de viajar confira todos os seus documentos. Coloque passaporte e dinheiro na bagagem de mão e não deixe nenhum dinheiro, pertences de valores por exemplo nas malas grandes. Todos os líquidos e gels (remédios, perfumes, loções para mãos ou rosto, gel para cabelo, etc), que estiverem em sua bagagem de mão devem caber e ser colocados em um saquinho para sanduíche (aquele com um zip para fechar). Esta é uma lei de segurança. Em alguns países o Departamento de imigração poderá pedir para que você mostre este saquinho no X ray e eles irão também checar sua bagagem de mão. Todos os outros líquidos e gels que voce colocar nas outras bagagens também coloque em um saquinho, mas isso serve apenas para previnir vazamentos. Se possível para perfumes e vidros coloque papel bolha ao redor. Quando estiver com suas malas prontas pese na balança e confira se sua bagagem está dentro do limite estipulado pela companhia aérea (preferencialmente antes de embarcar, senão irá passar aquele pânico básico no aeroporto tirando roupas, e afins). Por ultimo: SEMPRE tenha uma troca de roupa na bagagem de mão em caso de extravio da companhia aérea.

Coloque uma fitinha ou algo para que você consiga identificar sua mala, você ficará surpreso com a quantidade de malas parecidas com a sua. Recomendamos sempre um cadeado nas malas de despacho. Infelizmente existem diversos roubos que ocorrem anualmente dentro dos aerorportos nacionais e internacionais de diversos países

NUNCA coloque cameras, aparelhos eletrônicos, jóais ou artigos de valores nas mala que despachar, sempre coloque na mala de mão. A maioria das companhias aéreas não reembolsam mesmo que eles venha a perder sua mala. Verifique com a companhia aérea as regrinhas em caso de perda de malas.

Não se esqueça de verificar a comprovação da vacinação contra a febre amarela na entrada do país, sua vacina precisa estar valida, e a carteirinha precisa ser a internacional

O QUE LEVAR, NÃO LEVAR

A voltagem na Austrália é 240 volts, e a entrada da tomada é de 3 pinos como a fotinho abaixo. Sempre tem adaptador para comprar em diversos locais na Austrália, mas se quiser comprar no Brasil e trazer o seu, all good!
Leve apenas o necessário nas malas (sério mulherada, o necessário não é o armário inteiro hehehe). O ideal é levar uma troca de lençois e toalha também. Produtos para casa, acredite ou não, são mais baratos que no Brasil (em certos locais e supermercados da Austrália).  Cuidado com certos produtos alimentícios, pois alguns são proibidos entrada na Austrália e Nova Zelândia, frutas frescas e plantas por exemplo são alguns, devido a transmissão de doenças a fauna e flora. Isso é levado muito a sério na Oceania! No aeroporto você irá ver anúncios informando para declarar todos os alimentos que estiver trazendo.

Para remédios prescritos recomendamos levar junto com a receita médica, pois na alfandega ao passar suas malas, poderão lhe solicitar. Caso esteja trazendo paracetamol por exemplo, esses remedios também são vendidos na Austrália em qualquer lugar, inclusive supermercados. Traga apenas uma quantia moderada, porque poderá comprar na sua chegada. Remedios com prescrição e de uso continuo e necessário para tratamentos por exemplo como diabete, traga na mala de mão pois em caso de extravio de malas, você não irá ficar sem ao chegar na Austrália.

Existem limites de entrada de tabacco/cigarro e bebida alcoólicas. Na Austrália atualmente se você é maior que 18 anos, pode entrar com 50 cigarros ou 50m gramas de tabacco e 2.25 litros máximo de bebidas alcoólicas. PS: nosso post pode não estar recente, as leis da alfandega podem mudar e serem divergentes ao que estamos lhe informando nessa página. Então verifique AQUI as informações com a imigração.

Fique atento ao clima e qual é a estação do ano atual para não chegar com 30 mil shorts/saias e 1 blusa de inverno 🙂 Normal para a mulherada exagerada, mas considere inicialmente o que mais irá usar nos primeiros 3 meses, depois você irá acabar comprando roupas, sapatos durante o seu intercâmbio (inevitável né?) já que muitas marcas são bem mais baratas no exterior.

Tomada na Austrália

A NOITE ANTERIOR

Descanse bem na noite anterior do embarque. A viagem pode ser muito cansativa (pode não, será! haha) e você vai precisar de algumas boas horas de descanso antes de embarcar.
O interior do avião não é nada confortável com excessão dos sortudos da primeira classe. Como a maioria de todos nos intercambistas não tem essa sorte, então descanse antes de embarque. Além da ansiedade bater, você talvez não consiga fechar os olhinhos e dormir tranquilamente durante a viagem! Nada de fazer despedidas na véspera da viagem (mentira…rs faça muitas despedidas, essa parte é uma das mais legais do intercâmbio).

O AVIÃO

A pressurização e o sistema de renovação do ar dentro do avião deixam a umidade muito baixa, entre 5 e 10%, o que  pode causar irritação nos olhos, garganta e nariz. Para evitar estes problemas tome bastante líquido durante a viagem e e evite bebidas alcoólicas que podem desidratar ainda mais o organismo. Carregue aquele bom e velho chichete na bolsa para ajudar com o “desentupir o ouvido”. É muito comum sentir um inchaço nas pernas e a maioria das companhias aéreas mostram uma série de exercícios para fazer dentro do avião durante o percusso da viagem. Mexer os pés para baixo e para cima (fazendo movimento de compressão e relaxamento da musculatura) e andar um pouco durante o vôo ajudam bastante!

Quem tem tendência a enjoar com a movimentação de barcos provavelmente irá enjoar dentro do avião. Procure seu médico que irá receitar alguma medição no combate desagradável da naúsea, mas fica a dica: Mascar um pouco de gengibre antes de embarque pode ajudar muito! Evite também ler no avião, isso pode piorar os sintomas.

No avião, no papelzinho da alfandega que a aeromoça irá te entregar no caminho ao destino final, declare todo tipo de alimento que estiver trazendo em sua babagem. Caso você não declare e seja pego poderá receber uma multa bem salgada. Pra que arriscar? Declare também se estiver levando muito dinheiro em especie (acima de AU$10000). Cigarros, e bebidas alcoolicas são limitadas a entrada. Verifique antes de embarcar o permitido!

A AWI tem um modelo desse cartão para te enviar, caso não tenha já recebido da nossa equipe. Solicite por gentileza.

EM SUA CHEGADA

Finalmente na chegada do seu destino final! ufá!!!!! Você irá passar pela alfandega, e imigração.
Para quem estiver chegando em um aerorporto internacional e precisar fazer conexão para um aeroporto doméstico fique atento com o horário do voô e dirija-se ao balcão da sua companhia aérea para maiores informações. Eles poderão te orientar em como proceder e para aonde você deve seguir.

Tenha sempre o endereço de seu destino em mãos. Caso você tenha solicitado um serviço de traslado “pick – up” no aeroporto
alguém estará aguardando por você no horário estabelecido com uma placa escrita seu nome. Normalmente é assim. Caso você não consiga encontrar a pessoa que irá te buscar, não se desespere, as pessoas responsáveis pelo pick-up dos aeroportos estão acostumados com certos atrasos e passageiros perdidos.
Procure aonde normalmente existe um grande numero de outros pick-ups com placas na mão. Não saia do aeroporto!

Em sua chegada na casa de família/Estudantil: Respeite sempre as regras da casa!
Verifique com sua nova residência quais são as regras estabecidas assim que possível. Sua nova família está pronta para recebe-lo/a ajudando nas tarefas diárias e oferecendo todo o suporte necessário para o seu bem estar. Seja amigo de todos!

ALIMENTAÇÃO

O estudante brasileiro quando chega na Oceânia choca-se com os valores das frutas, legumes e comida no geral. Procure não sair muito para jantar em restaurantes porque a brincadeira pode acabar saindo bem caro, então tente cozinhar mais em casa. Para você que não sabe cozinhar, lero lero, terá que aprender! hehehe

ADAPTAÇÃO

Os 3 primeiros meses fora do Brasil são os mais difíceis, podemos te garantir com bastante experiência. Mas também serão os 3 meses de maiores descobertas, aonde tudo é novidade, cada lugar, cada passeio, cada descoberta de produto no supermercado!. Você irá sentir muita saudade da família, amigos, do português e da comidinha de casa, mas lembre-se que é tudo questão de adaptação e em alguns meses você já irá estar familiarizado com o local, a língua e terá um grande grupo de amigos. Tente se socializar mais com os “gringos” (evitando sair apenas com brasileiros). Isso irá ajudar muito no desenvolvimento do seu idioma. It is hard! But you can do it!

COMPORTAMENTO

No geral o povo nativo são pessoas muito receptivas, educadas e acostumadas com turistas e estudantes internacionais. Mesmo que você não fale inglês ou a língua nativa não encontrará muitos problemas. Dizem que os gringos são mais “quietos” que os brasileiros (mas não podemos generalizar) e em muitos países beijar no rosto não é um costume frequente como da gente. Imagine então quem dá 3 beijinhos? hahaha. Um simples olá e tchau ou um abraço dependendo da relação já é o suficiente para a gringarada na Austrália ou Nova Zelândia.
Uma dica muito importante é evitar falar português na frente dos nativos, eles podem achar que você está falando deles, ou que não queira falar de algo que eles possam entender!  Esse comportamento poder ser interpretado como falta de educação.

Por ultimo, BOA VIAGEM A VOCÊ QUE ESTÁ PRESTE A EMBARCAR E QUE LEU ESSE POST!

SAFE TRAVEL